quarta-feira, 3 de julho de 2013

Crianças podem fazer academia?






Foto mostra uns dos exercícios do treinamento funcional, cada vez mais comum no Brasil

Muitos pais são reticentes para matricularem seus filhos na musculação. Geralmente as academias tinham essa ligação direta com a puxada de peso. No entanto, hoje em dia, elas viraram centros de treinamento, com várias modalidades de esportes, dança e muito mais. Mas será que esses são lugares para as crianças? COM CERTEZA.

A musculação não é indicada, isso é verdade. A criança está se desenvolvendo e precisa apenas estimular um crescimento natural. O que os pais precisam saber é que existem outras atividades nas academias, por exemplo, o treinamento funcional.

Com ele, com a dança, com as artes marciais, as crianças podem ganhar força, agilidade, velocidade, equilíbrio, além de aprender lições importantes para o convívio social.

Nelas, é preciso estimular o chamado reforço muscular, que pode ser feito a partir dos seis anos de idade. Esses exercícios usam, basicamente, o peso da criança para fortalecê-la, como abdominais, flexão de braço, pilates e ginástica.

Veja uma breve definição sobre atividades em potencial para as crianças.

Ginástica Artística: é o ato de exercitar o corpo para fortificá-lo e dar-lhe agilidade. O conjunto de exercícios corporais sistematizados, para este fim, realizados no solo ou com auxílio de aparelhos são aplicados com objetivos educativos, competitivos, terapêuticos, etc.

Pilates: O Pilates é uma técnica de construção corporal desenvolvida em 1920 por Joseph Pilates, que conquistou a Europa e os Estados Unidos, sendo considerado um excelente método para melhorar a postura, a flexibilidade, a consciência corporal, o equilíbrio e a força muscular.

Treinamento funcional: O treinamento funcional é um método de treinamento que visa o equilíbrio das estruturas musculares, a prevenção de lesões e a melhora na performance de atletas.

Essas são apenas algumas das opções. Procure se informar sobre os gostos do seu filho e leve-o até um educador físico. A escolha precisa ser feita levando em consideração o desejo do pequeno e o que será melhor pra ele. Independente da atividade, o que não pode acontecer é as crianças ficarem o dia inteiro em frente há um computador. Fica a dica

Receba por e-mail