segunda-feira, 25 de fevereiro de 2013

A corrida e os erros de atletas iniciantes








Veja os erros mais comuns de corredores que acabam prejudicando o organismo





Treino, descanso, intensidade, alimentação e sono. Essas são só algumas palavras importantes na vida de um atleta, seja ele amador ou profissional. Veja dicas interessantes para você não errar no planejamento, consegui bons resultados e constante evolução.




Defina metas



O humano precisa de motivo para se motivar. Estabelecer metas é muito importante. Por exemplo, perder peso, correr mais rápido, percorrer maiores distância. Essas evoluções são importantes para os atletas e podem motivá-lo a continuar com os treinos. Pense no seu treino a médio e longo prazo.



Médio prazo – dura de 12 a 14 semanas – Exemplo: Quero correr minha primeira prova daqui 12 ou 24 semanas.



Longo prazo – dura + de 48 semanas – Exemplo: Quero correr minha primeira maratona em 96 semanas



Todo mundo tem dias ruins



Você vai acordar indisposto. Isso é normal. Só não poder ser normal trocar o treino pelo sofá quando a preguiça chegar. Pense que ir caminhar  e correr será legal, pois você colocará a preguiça de lado. Pense também que se hoje você não ir, seus amigos vão ficar na frente e o seu condicionamento regride.



Não espere por milagres



A corrida é uma constante aprendizagem e seus benefícios não vem do dia pra noite. Aos pouco você irá emagrecer, irá correr mais e mais rápido. Vá com calma e respeite seus limites.



Não seja radical nem flexível demais



O planejamento é fundamental. Ele dirá o quanto você deve correr e como. Saiba de suas reais condições e aonde você quer chegar. É no tempo de melhora que você não pode errar. Não demore muito para chegar ao seu desejo, mas também, não acelere demais para não sofrer problemas. Mantenha o equilíbrio e o foco e dê um passo de cada vez.



Não abra mão dos prazeres da vida



Você tem família, amigos, frequenta festas. Você precisa de todos esses ingredientes. O segredo é não forçar os outros a respirarem a corrida, mas ensiná-los a gostar dela. Planeje o seu dia, compromissos e tarefas. Determine um tempo que irá dedicar as corridas e o mantenha. Mas deixe também tempo para o lazer.



Evite comparações



Buscar atletas consagrados para usar como fonte de inspiração é legal. No entanto, não fique obcecado em ser ele. Você tem limites diferentes e pode ser pior, ou melhor.  O segredo é pensar que não se vive pra correr e sim, corre-se pra viver.



Não ignore a dor



Você sabe o que é a dor. Ela é um aviso de que algo está errado. Existem dores que os profissionais chamam de boas. Elas ocorrem nos músculos e às vezes, vem pelo excesso de treino. Quando você ver que as dores são constantes, procure um especialista. Dor é o corpo avisando que não está bem.



Receba por e-mail