quarta-feira, 8 de maio de 2013

Tudo sobre a transagem







Na medicina popular, a tanchagem, também conhecida como tansagem, indica a infusão de duas folhas para os casos de ardor do estômago, afecções das vias respiratórias e uro-genitais, diarreia, disenteria.

Adicionalmente tem efeito depurativo do sangue. Sob a forma de gargarejos, combate as inflamações da boca e da garganta, o sangramento das gengivas, as anginas e as paratidites. O gargarejo habitual com seu chá faz desaparecer a inchação das amígdalas, podendo evitar a sua remoção cirúrgica.

As folhas frescas, maceradas na forma de emplastro, curam úlceras na pele. As minúsculas sementes (após estarem secas as espigas) são ótimas contra disenteria e infecções intestinais ( podem ser comidas in natura, ou bebidas com água).

Dicas da vovó: para utilizar no tratamento de lesões da pele, as folhas devem ser aplicadas no local entre 3 a 4 vezes ao dia.

Contraindicações: pessoas com constipação e fezes muito ressecadas e durante a gestação. Em excesso pode causar arritmia e para cardíaca, reações alérgicas e irritações.

Receba por e-mail