quinta-feira, 16 de maio de 2013

Pular corda: brincadeira que pode ser levada a sério





Veja os benefícios de pular corda e comece já a praticar


Antigamente as crianças brincavam de peão, carretilha, bolinha de gude, amarelinha e pular corda, por exemplo. Hoje elas têm tablets e jogos modernos. Antes, eram ativas e se divertiam mais. Hoje são apenas sedentárias e cada vez mais obesas. E isso tem uma explicação óbvia. Não tem como ter saúde ficando sentado(a) o dia todo em um sofá. O ato de pular corda, por exemplo, é fundamental para o treinamento funcional, que estimula vários grupos musculares e contribui para o emagrecimento.

Pular corda é uma maneira de aumentar a resistência aeróbica. Para se ter uma ideia, se a pessoa praticar a corda por uma hora, elimina aproximadamente 800 calorias. Essa atividade ajuda também na afinação da silhueta e acelera o metabolismo. Assim, a pessoa utiliza gorduras como fonte de energia, eliminando aos poucos os indesejáveis pneus. Ela ainda fortalece os músculos da perna e aumenta a resistência.

Para começar, faça quatro séries de dois minutos, com intervalos de 30 segundos. Aos poucos, quando se sentir melhor, aumente a intensidade.

Contraindicações

A afirmação de que pular corda machuca os joelhos é um mito. No entanto, se a intensidade dos treinos forem muito forte, as lesões podem ocorrer. A dica é sempre não ultrapassar seus limites. Pessoas com problemas nos joelhos, devem evitar.

Como pular corda corretamente

Em alguns casos e para algumas pessoas, pular corda pode ser uma tarefa não tão fácil. Se o problema for à coordenação motora, não desista. Aos poucos você vai pegar o jeito e se exercitar sem problema. Para outros, a dificuldade é o próprio treino, devido à falta de condicionamento. Nesses casos, é preciso dividir os exercícios nos períodos do dia. Se estiver difícil fazer tudo na sequência, pule um pouco de manhã, mais um pouco a tarde e o restante à noite, no tempo que lhe sobrar.

A altura da corda é muito importante para o sucesso do treino. Pise no meio dela e estique para cima. Ela deve ficar na altura do peito. Se você estiver com dificuldades, a dica é pular na hora que ouvir o barulho da corda batendo no chão.

Exercícios simples podem fazer muito bem ao nosso organismo. Essa é a tendência do treinamento funcional. Se você quer emagrecer, procure uma academia e conheça novos métodos de trabalho. O acompanhamento profissional é muito importante. Pare de pensar que a academia é um gasto. Ela é um investimento. Investimento em você, na sua saúde, na sua alto-estima e numa vida mais saudável.


Receba por e-mail