quinta-feira, 2 de maio de 2013

Espinheira Santa





Saiba se ela combate a gastrite e conheça a bula. Excelente para curar ressaca e problemas no fígado

A espinheira-santa (maytenus ilicifolia) é prescrita pela medicina popular no combate aos problemas de acidez do estômago, azia, gastrites causadas ou não pela bactéria helicobacter, pulori, gastralgias (dores no estômago), enterites (inflamação no intestino), dispepsia (perturbações do trato gastrintestinal), mau hálito (devido a problemas estomacais), fermentações gastrintestinais, e flatulência (gases).

Dicas da vovó: Tem pode cicatrizante de lesões ulcerosas do estômago devido à diminuição da acidez estomacal pelo aumento da secreção gástrica.

Contraindicações: gestação é tratamento de infertilidade feminina, lactação, pessoas sensíveis ao álcool, pacientes com câncer estrógeno-dependente e hipersensibilidade a este fitoterápico

“A espinheira santa tem as seguintes propriedades: anticonceptivo, abortivo, antisséptico, antiespasmódico, diurético, antiasmático, antitumoral, laxativo, cura do vício da bebida e enfermidades do fígado. Trata hidropisia devido ao abuso do álcool.”

Como fazer um chá de espinheira Santa?

Colocar em infusão, em um litro de água fervente, 2 colheres de sopa da erva, e deixar levantar fervura. Desligar o fogo e abafar por dez minutos.

Receba por e-mail