segunda-feira, 25 de março de 2013

Pesquisadores brasileiros desenvolvem pomada contra o HPV





Doenças sexualmente transmissíveis são combatidas em todo o país e HPV agora tem nova forma de cura

Vacinação é uma das formas de prevenção ao HPV
Verrugas genitais. Só de imaginar, já dá para perceber que o resultado do HPV é constrangedor. E pensando na cura desse problema é que foi desenvolvida uma pomada para combater o mal. O HPV é conhecido como o papiloma vírus humano e a pomada que o cura foi desenvolvida por pesquisadores da Universidade Federal de Alagoas (Ufal). O resultado das experiência foi de 100% de cura. Todos os pacientes do Hospital Universitário da Ufal que apresentaram o problema, tiveram plena melhora.


O registro da patente já está em andamento no Instituto Nacional de Propriedade Industrial (Inpi), e nos EUA, com financiamento da Financiadora de Estudos e Projetos (Finep), através da Chamada Pública Pro-Inova, de apoio aos Núcleos de Inovação Tecnológica (NITs).

A pomada utiliza extrato de um vegetal comum na flora do litoral brasileiro – o barbatimão.  O professor Luiz Carlos Caetano falou sobre o tema. “A pomada feita com o extrato das cascas do barbatimão mais comum na nossa região, deu o resultado mais eficaz no tratamento dos pacientes. Suas cascas têm coloração mais avermelhada do que as da planta encontrada na região Sudeste, por exemplo, e foi por ela que seguimos nossos estudos. Vale lembrar que as cascas do barbatimão são uma das mais comercializadas em feiras do mercado fitoterápico de Maceió, sendo utilizadas pela população como agente cicatrizante e anti-inflamatório”, acrescentou.



As pesquisas duraram cerca de cinco anos, onde foram tratados quase 50 pacientes. O período de tratamento era de aproximadamente 2 meses com duas aplicações diárias da pomada.

Agora, o produto precisa ser devidamente registrado e posteriormente, receber os controles de qualidade e métodos de produção. Ainda não se definiu seu nome comercial nem quando chega as farmácias de todo o Brasil.


Receba por e-mail