domingo, 27 de janeiro de 2013

Dores durante relações sexuais. O que são?







É normal sentir dores na relação sexual? Aprenda a identificar os tipos de desconfortos e como prevenir malefícios maiores



Fazer sexo é um ato cada vez mais comum no Brasil. O objetivo de todos é sentir prazer. No entanto, quando a relação traz dores nas partes genitais, é porque alguma coisa está errada. Aí vem o primeiro alerta.

O acompanhamento médico é preciso ser periódico. Quando as dores são em mulheres, muitas não identificam os desconfortos. Acham que pode ser algo da relação. Não se sente dor fazendo sexo. Se ela veio, é porque algo está errado. O ideal é sempre perguntar a opinião do profissional qualificado.


As dores, em todos os casos, são avisos que o corpo dá para a pessoa de que alguma coisa está errada e precisa ser investigada.


Principais dores

Endometriose: Células do endométrio (camada que reveste o útero por dentro) se implantam em outros locais no inferior da barriga da mulher. Os sintomas podem ser diferentes e a dor durante o ato sexual é uma delas. O controle clínico será necessário e, em casos extremos, precisa-se fazer cirurgia de laparoscopia.



Inflamação de Genitais: As inflamações genitais não são frequentes na infância e na adolescência, pois, a atividade sexual e os ciclos grávido-puerperais raramente ocorrem naquela as fases da vida feminina. Elas podem acontecer de diversas maneiras e causam dores nos órgãos. A busca pelo médico é o indicado.

Lubrificação: São dores que acontecem na penetração. Ela é superficial e pode estar relacionada a tensões musculares.

Em caso de dores, não fique com vergonha. Comente com seu parceiro e consulte o médico de confiança. Você estará seguro(a) e conseguira doar-se mais em seu relacionamento.

Veja vídeos sobre dores no sexo.



Receba por e-mail