terça-feira, 29 de novembro de 2011

Alimentos que combatem o tabagismo



Praticar exercícios, respirar e até mesmo trabalhar ficam muito mais fáceis para aqueles que não fumam

O tabagismo é um mal que afeta muitas pessoas em todo o Brasil. O pior é que o habito, ao invés de ser combatido, atrai cada vez mais dependentes anualmente. E em 2011, muito se evoluiu na questão da conscientização contra o fumo.

As políticas públicas estão sendo desenvolvidas, como a proibição do fumo em ambientes fechados e, além disso, muita verba está sendo investida em propagandas e ações de prevenção.

Acesse a fã page do Proporção de Vida, curta e saiba de muitas outras dicas de saúde.

E muitos não sabem que a alimentação, um hábito diário e necessário, pode ser um forte aliado para o combate ao tabagismo. Isso porque, muitos alimentos são desintoxicantes e podem contribuir para a formação de uma sociedade mais saudável e longe do vício.

Segundo a nutricionista Francine Ferrari, a alimentação colabora em alguns pontos. “A água é muito importante para desintoxicar o organismo, eliminando várias substâncias, como a nicotina”, salienta. No entanto, consumir sucos e refrigerantes, não é o mesmo que se hidratar. A água é o líquido mais puro do planeta e jamais deve ser substituída. Quando o assunto é tabagismo, nenhum suco ou refri desintoxicará mais o corpo do que a água.

E, ao invés de não contribuírem para a desintoxicação, muitas substâncias ainda trazem outro mal, que é a obesidade. A ansiedade é apontada como a principal causa, mas Francine tem outro ponto de vista. Para ela, quando as pessoas deixam de fumar, as papilas gustativas agem mais facilmente, o que faz com que elas descubram novos sabores, sendo assim, degustando de mais itens durante o dia. Está aí a explicação para os quilos que os ex-fumantes adquirem. “Muitas pessoas pensam que quando param de fumar, vão engordar. Isso é o pré-conceito que não se dá na prática. O fato é que as pessoas não fumantes sentem o gosto do alimento, pois antes tinham o paladar afetado pelo tabagismo. A pessoa ingeriu mais alimentos pela mudança da sua palatabilidade”, explica.

Dentre os alimentos que auxiliam a parar de fumar, estão o alho, o limão, o gengibre, abacaxi e nabo. “Eles são depuradores sanguíneos. Ainda existem alimentos avermelhados, coma melancia, tomate, beterraba, goiaba, dentre outros, que auxiliam na limpeza do organismo”, informa Francine.

Todo ser humano deve ter uma pirâmide regular de alimentos. Quando o assunto é parar de fumar, essa pirâmide deve ser ainda mais completa, com o incremento de frutas que estimulem a desintoxicação. Isso fará com que o indivíduo respire melhor, canse menos e é claro, viva mais.

A forma como os alimentos devem ser ingeridos independe. É possível se fazer sucos, e em muitos casos, usar novos elementos em temperos. Evitar o açúcar é sempre uma indicação

Receba por e-mail