quarta-feira, 24 de abril de 2013

Margarina X Manteira – Um baita duelo



            



Muitas pessoas preferem a manteiga que a margarina, ou vice versa. Existem até aqueles que acham que elas são a mesma coisa. No entanto, elas se diferem na textura, nas propriedade e nos valores para a saúde. O Proporção de Vida mostra mais pra vocês.

Quando pensamos em café da manhã, logo lembramos do pão com manteiga. Ambos são que nem feijão com arroz. No entanto, para quem se preocupa com a saúde do coração, a realidade é diferente.

A diferença principal da margarina e da manteiga é a matéria prima. A Manteiga é feito com gordura animal, enquanto a margarina é feita com gordura vegetal. Por ser de gordura vegetal, a margarina não tem colesterol. Isso não reflete em saúde, pois ela tem outros vilões, como a gordura trans.

“Gordura trans são um tipo específico de gordura formada por um processo de hidrogenação, quer seja natural (ocorrido no rúmen de animais artiodátilos) ou artificial . Seu nome é bastante mencionado devido à sua nocividade à saúde humana.”

A dica não é tirá-las do cardápio, mas sim, comer em menores dosagens. As vezes, dá para substituí-las pelo requeijão light.

Veja mais sobre

Margarina: Margarina é termo genérico para identificar gorduras alimentares de origem vegetal usadas em substituição da manteiga.
O seu nome deriva da descoberta do "ácido margárico" por Michel Eugène Chevreul, em 1813, que pensou ter descoberto um dos três ácidos gordos que formavam as gorduras animais, mas, em 1853, descobriu-se que aquele ácido era apenas uma combinação de ácido esteárico e ácido palmítico. Pelo processo de hidrogenação, converte-se uma parte das gorduras insaturadas em trans saturadas (a chamada gordura trans). Entretanto, a maioria das marcas de margarina de hoje em dia não passam pelo processo de hidrogenação mas são gordura interesterificada , ou seja, obtidas a partir de mistura de óleo vegetal totalmente hidrogenado (gorduras trans) e óleos vegetais líquidos.

Manteiga: A manteiga ou manteiga é um produto, batido até se transformar numa emulsão de água em gordura, que pode ser usada, por exemplo, sobre fatias de pão ou bolachas, ou ainda para cozinhar. Manteiga é o nome dado de forma exclusiva ao alimento obtido do leite de vaca, se for de outro animal o nome correto é manteiga de mais o nome do animal de origem. É produzida onde há atividade pecuária, e as suas origens são antiquíssimas, datando seguramente da pré-história.
A manteiga é composta por cerca de 80% de gordura, sendo o restante água e resíduos de lactose (o açúcar do leite) e de butirina, um tipo de gordura.
Constitui-se como um alimento muito gordo, rico em gorduras saturadas, colesterol e calorias, pelo que é recomendável em doses moderadas para desportistas ou pessoas que tenham um grande consumo energético. Salvo especiais condições de saúde, é compatível com uma dieta sã e equilibrada e é fácil de digerir apesar do seu conteúdo em gordura. Existem vários tipos de manteiga, tipo Renato, tipo primor, mas podem distinguir-se basicamente dois:
Manteiga ácida: antes da acidificação da nata (método tradicional).
Manteiga doce: depois da acidificação da nata.

Requeijão Light: Requeijão é um tipo de laticínio de origem brasileira. Surgiu como um subproduto do leite desnatado que era descartado nas regiões produtoras de nata. Existem no mercado requeijões light, que podem ser substituídos pela manteiga e a margarina.


Receba por e-mail